Taxa de entrega do delivery: como definir o valor ideal para o seu restaurante

7 minutos para ler

A definição de valores em um serviço é algo que depende de diversos pontos. Além da mão de obra, devem ser considerados fatores como gasto de material e energia elétrica, entre outros. Por que, então, seria diferente com as entregas do restaurante? A taxa de entrega do delivery precisa ser estabelecida de maneira correta e justa, garantindo a cobertura dos custos envolvidos para levar a refeição até o consumidor.

Mesmo assim, é preciso ter cuidado, pois esse valor também não pode ser alto demais. Afinal, um preço muito elevado pode afastar o cliente. Mas como chegar a essa definição sem ter prejuízo nas entregas ou trazer custos desnecessários para quem solicitou o serviço?

Continue a leitura e confira dicas simples que facilitarão sua vida e trarão destaque ao seu restaurante!

O que é delivery e por que muitas vezes é necessário estipular um valor para a sua realização?

Delivery é a popular entrega do produto em casa, recurso que ganhou grande popularidade em restaurantes, especialmente com a pandemia de coronavírus. O delivery está em crescimento e, no contexto atual, tornou-se indispensável porque estamos no necessário isolamento social e restaurantes e estabelecimentos de alimentação precisam ficar fechados.

É preciso estipular um valor de entrega para a realização do delivery. Afinal, o restaurante tem diversos custos para assegurar que o alimento chegue em bom estado na casa do consumidor. Sem um cálculo adequado, o estabelecimento pode definir uma taxa inadequada, não conseguir cobrir as despesas envolvidas e ter prejuízo.

Quais são os veículos mais comuns de realização de delivery?

O delivery é comumente realizado de moto, que é um veículo ágil, econômico e de dimensões pequenas, bastante viável para desviar de problemas no trânsito e engarrafamentos. A desvantagem da moto é que ela não é tão protegida quanto um carro. De toda forma, contrate um seguro para o profissional e o veículo.

A bicicleta também é um recurso útil para a entrega, que passa uma boa imagem de sustentabilidade e tem baixo custo de manutenção. Porém, como ela depende do esforço físico do profissional, a região de cobertura das entregas tem que ser menor.

O carro transporta mais entregas de uma vez por ser maior. Porém, ele é pouco ágil, consome mais combustível e está suscetível a ficar preso em engarrafamentos e problemas no trânsito. Assim, a taxa de entrega fica mais cara.

Como fazer o cálculo da taxa de entrega?

O cálculo da taxa de entrega leva em conta vários pontos importantes. Acompanhe as dicas sobre esse assunto a seguir!

Calcule o custo com o transporte

O primeiro passo para definir o valor da entrega do seu delivery é levar em consideração os custos com o transporte. Qual será o tipo de veículo utilizado? E o combustível? Há um consumo médio ou exagerado? Estabelecer relações entre esses fatores é o ponto de partida para toda a definição.

Avalie a distância percorrida

A distância também conta! Afinal, quanto mais longe, maior será o custo para a realização da entrega. Por isso, estabeleça raios nos quais determinado valor será válido e aumente progressivamente conforme a distância for crescendo. Trata-se de um ponto essencial para a otimização de seus serviços! Você pode utilizar um aplicativo de mapas para facilitar os cálculos, ou definir valores fixos para as localidades que o restaurante atende.

Leve em conta a remuneração do entregador

A pessoa responsável por intermediar o processo de compra e venda, levando o produto ao consumidor, também deve ser valorizada. Independentemente de esse profissional ser contratado ou terceirizado, como no caso dos aplicativos de pedidos pelo celular, é fundamental incluir na taxa uma parcela apropriada referente aos serviços do profissional. Considere também o seguro e os benefícios do colaborador.

Observe o preço cobrado pela concorrência

Uma boa dica para estabelecer um preço justo é olhar para sua concorrência e ver qual é o valor cobrado por ela. Assim, você pode colocar cifras mais atraentes no seu frete, mas sem sair no prejuízo ao abaixar muito o valor da taxa de entrega no delivery. Dessa forma, tanto você quanto o seu cliente saem ganhando!

Avalie o valor gasto de combustível por quilômetro

Para saber quanto o carro ou moto consomem, você deve abastecer e, em seguida, zerar o hodômetro. Anote quantos foram os litros abastecidos. Quando o combustível acabar, divida a quantidade de quilômetros rodados pelo volume consumido. O número que resulta dessa operação é o consumo médio de combustível por quilômetro rodado.

Para saber o valor gasto de combustível para rodar cada quilômetro, basta multiplicar a média encontrada pelo preço do combustível. Lembre-se de que essa taxa pode sofrer variações devido à maior instabilidade do momento atual com as constantes alterações no preço da gasolina.

Considere que há cálculos mensais e outros anuais

Custos como pagamento do entregador, seguro e distância percorrida são mensais. Já as despesas de veículo, como impostos e documentos, são anuais. Considere calcular esses valores em separado. Depois, você define uma média anual para cada um desses gastos. Ao final, basta dividir o custo anual total pelo número de entregas realizadas por dia.

Como a taxa de entrega grátis pode ser uma forma de conseguir mais clientes?

Que a taxa de entrega é um custo não é novidade para ninguém. Mesmo assim, pensando em conseguir mais clientes, manter a taxa de entrega como gratuita pode ser uma ótima estratégia de marketing e fazer o seu restaurante ganhar mais dinheiro.

Ao fornecer entregas gratuitas, além de fazer com que mais clientes acessem o seu cardápio naturalmente, mais os aplicativos de delivery vão subir o seu restaurante no aplicativo. Mesmo que isso vá diminuir a sua margem de lucro, o volume de vendas delivery aumenta. Assim, você conseguirá ter poder de barganha para negociar com os fornecedores (diminuindo o seu CMV) e com os apps (melhorando as suas taxas).

Essa é uma estratégia de marketing! Pense em aumentar ligeiramente o preço dos seus produtos para cobrir a entrega grátis.

Como podemos ver, a taxa de entrega do delivery é muito mais do que um valor cobrado para a reposição da gasolina. Esse fator é primordial para a qualidade e velocidade do serviço prestado, garantindo segurança para o restaurante, o entregador e, claro, o cliente!

Por sinal, o cliente sempre tem razão. Sendo assim, precisamos estar constantemente atentos aos aspectos que podem indicar satisfação ou insatisfação e fazer as coisas de uma maneira que agrade completamente a quem é atendido, certo? Com o cálculo adequado, você consegue determinar uma taxa de entrega que seja favorável para o restaurante e que não seja um problema para o consumidor. 

Gostou de aprender sobre como calcular a taxa de entrega de delivery? Aproveite e compartilhe sua opinião deixando um comentário!

Posts relacionados

Deixe um comentário