Entenda de uma vez por todas o que é e como calcular o ROI em delivery

6 minutos para ler

Utilizar indicadores no restaurante é uma iniciativa bastante construtiva, que ajuda a sair de um nível em que você direciona o negócio só a partir de experiência e senso comum. A ideia das métricas é agregar conhecimento gerencial, para que as atividades sejam coordenadas de forma estratégica e inteligente.

Assim, a proposta é focar no presente, mas ir além, avaliando fatores, analisando a eficácia de iniciativas, prevendo tendências e antecipando as necessidades e preferências do mercado. Nesse contexto, saber como calcular o ROI em delivery é indispensável para otimizar sua gestão. 

O cálculo é relativamente simples e ajuda a verificar a efetividade de determinadas iniciativas. Quer aprender mais sobre o assunto? Confira nosso artigo especial sobre o ROI para entender melhor o tema!

O que é ROI e como ele funciona? 

O ROI (Return On Investment, que significa retorno sobre o investimento) é um indicador-chave de desempenho (key perfomance indicator, ou KPI), sendo uma ferramenta importante para mostrar quanto de rendimento foi obtido a partir de uma aplicação. Essa métrica mostra o custo-benefício de um determinado investimento, sendo importante em avaliações e na tomada de decisões.

O ROI pode ser usado para calcular o retorno não só financeiro, mas também de ativos intangíveis, como marketing, número de entregas por dia e entregas com atraso. Possibilita também comparar estratégias adotadas no restaurante. Esse indicador ainda pode ser usado para fazer projeções de longo prazo, sendo essencial no planejamento e na gestão financeira.

É importante fazer o cálculo desse indicador antes de começar um negócio de delivery para estruturar um plano de negócios adequado, com previsões de possíveis cenários. Esse KPI permite enxergar melhor como está funcionando a dinâmica do dinheiro do food service e ajuda a ver quais iniciativas estão alcançando melhores resultados, com um comparativo de canais diferentes.

Como calcular o ROI em delivery?

Para calcular o ROI, é preciso considerar alguns fatores na fórmula. A receita é o que foi ganho, o que foi arrecadado. Já o custo do investimento é o que foi gasto para tornar o investimento possível.

No caso, você subtrai de um rendimento a quantia que investiu. O valor encontrado vai ser dividido pelo valor do investimento. Ou seja, calcula-se a diferença entre o que você gastou e o que retornou disso, divide-se pelo gasto total e multiplica-se por 100. O resultado é uma porcentagem, conforme mostra a fórmula abaixo:

(Receita – Custo do investimento) / Custo do Investimento X 100

Por exemplo, pense em um food service de comida vegetariana que investe 20.000 reais na compra de equipamentos para expandir o restaurante, com uma unidade exclusiva para delivery em uma dark kitchen. O estabelecimento alcançou um retorno de 30.000 reais em dois meses. Assim, o ROI da operação é de 50%, calculado da seguinte maneira, por meio do uso da fórmula:

(30.000 – 20.000) / 20.000 x 100 = 50%

Conforme mencionamos, o ROI pode ser aplicado para avaliar resultados de ativos intangíveis. Por exemplo, você pode utilizá-lo para comparar o volume de entregas em atraso com o delivery que teve resposta pontual. Se no seu restaurante foram realizadas 100 entregas no dia, e 25 delas não chegaram em tempo hábil, a taxa de pontualidade é de:

(100 – 25) / 100 x 100 = 75% 

Ou seja, 75% das entregas foram realizadas dentro do previsto. A taxa de atraso foi de 25%.

Quais são as melhores práticas para o cálculo do ROI?

O cálculo do ROI envolve alguns cuidados, para o alcance de análises melhores e mais construtivas para o negócio. Veja quais são as melhores práticas no gerenciamento dessa métrica!

Considere a sazonalidade para calcular o ROI

O ROI é uma métrica que não considera a sazonalidade. Se você faz um investimento em médio ou longo prazo e calcula esse indicador, o resultado obtido é do processo global. O saldo total pode ter sido positivo, mas não dá para verificar se os resultados foram bons o tempo todo ou não. 

Por exemplo, se as vendas foram ruins em março e abril e, em maio, o valor alcançado compensou os resultados dos dois meses anteriores, o ROI nesses três meses pode ser positivo, mas se a gestão não olhar atentamente, ela pode pensar que está tudo bem. Assim, quem não tiver um olhar apurado pode desconsiderar que era preciso avaliar qual foi o problema em março e abril. 

Ou seja, o cenário real pode ficar mascarado. Para resolver esse problema, lembre-se da sazonalidade, utilize outras métricas e acompanhe indicadores com regularidade.

Encontre o ponto de equilíbrio para calcular o ROI

O ROI possibilita verificar se o seu rendimento não teve retorno, lucrou ou gerou prejuízo. Para isso, basta observar o resultado encontrado. Se o resultado obtido for 0, o retorno é nulo, ou seja, o investimento não gerou nem lucro nem prejuízo. Em caso de valor negativo, a receita foi menor que a despesa envolvida no processo. Na situação de um resultado positivo, significa que a aplicação ou atividade gerou algum tipo de lucro.

Avalie alguns pontos importantes para calcular o ROI

Ao calcular o ROI, avalie alguns pontos importantes, por exemplo, quais ações foram feitas ou deixaram de ser realizadas e que influenciaram no resultado. Pense também se investimentos com grandes retornos estão relacionados, pois eles podem apontar um bom caminho.

Verifique ainda se o que é feito em ações de alto ROI pode ser aplicado também em outras medidas. Além disso, faça comparações dos resultados do seu restaurante com outros food services. Lembre-se de comparar esse indicador em períodos de tempo similares, para evitar análises tendenciosas e para ter uma visão mais realista.

A tecnologia pode ajudar no cálculo do ROI, pois ela permite um monitoramento mais regular e controlado de resultados. Por meio de um sistema para restaurantes, por exemplo, é possível acessar diversas métricas para delivery, verificar os itens de maior saída e acessar relatórios com indicadores. 

A integração de diversos KPIs oferece uma visão mais detalhada dos negócios e da parte financeira. Com informações atualizadas e integradas, é mais fácil realizar análises, identificar tendências e padrões e, com isso, traçar estratégias efetivas para melhores resultados. Calcular o ROI é relativamente simples, mas é necessário fazer uma análise apurada e considerar outros fatores para entender a realidade do negócio e adaptar a estratégia.

Gostou do conteúdo? Aproveite e siga a Kitchen Central nas redes sociais! Estamos no Facebook e Instagram! Palavras utilizadas: 1061

Posts relacionados

Deixe um comentário